segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Série Poesias: Mágoas (10/07/2016)


Quem sabe um dia, eu vá.
Quem sabe um dia, eu esqueça.
Quem sabe um dia, não doa mais. 
Quem sabe um dia, cicatrize.
Quem sabe um dia, a mágoa seja menor que a saudade.
Quem sabe um dia, eu sinta saudade.
Quem sabe um dia, eu sinta.
Quem sabe um dia, eu acredite.
Quem sabe um dia, eu perdoe.
Quem sabe?

Procurando você (31/03/2015)

Acordo todo o dia Pensando em você E do por quê não posso te ter. A vida é sem graça E assim ela passa E não consigo esquecer voc...