domingo, 26 de abril de 2015

Séries Poesias: Apenas uma lâmpada apagada (26/04/2013)

Vejo aquela lâmpada totalmente apagada
Tento acender, mas  não acontece nada
Ela está lá, totalmente escura
Fico na dúvida se não é uma defesa
Ou se é uma nova procura
Mas por que eu ainda quero vê-la acesa?

Faço uma força enorme para erguer meu dedo
Uso mais energia que o estouro de um torpedo
Mas mesmo assim minha mão não sai do lugar
E eu fico imaginando, quão bela seria
Se eu a pudesse de novo tocar
Talvez até renascesse antiga parceria

Mas a lâmpada está lá, totalmente escura
Mas está lá, como se fosse apenas uma figura
Apenas eu vejo-a escura e muito triste
Apenas eu consigo ver a sua profundeza
Ela sucumbe aos poucos, mas se mantem riste
Em volta de uma fortaleza que demonstra uma falsa frieza.

Seria tão mais fácil ir lá e trocar
Deixar um novo sentimento vir e tomar
Mas de alguma maneira aquele olhar ainda me seduz
Apesar de tudo que a vida me induz
Eu sinto que aquela luz quer acender

De alguma maneira parar de sofrer

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Série Pensamentos: Existe a fórmula do amor?

Sou um pensador livre, não sigo metodologias existente e nem ideias dos outros para sustentar meu pensamento. Sigo apenas ele e o meu coração.
Todos dizem que não existe fórmula para o amor(de um casal), eu digo que estão errados, e muito.
E quem diz isto não sabe o que é amor.

A fórmula do amor é o equilíbrio entre 3 sentimentos:

  • Atração, sintonia e cumplicidade.

Atração - vários ditados falam da atração,  por exemplo os olhos são a janela para a alma. Podemos dizer que temos que nos sentir atraídos pela pessoa que está do nosso lado, temos que achá-la atraente (aos nossos olhos), admira-la fisicamente e/ou como pessoa, nos sentirmos atraídos de como a pessoa é por dentro e por fora. A atração libera os famosos feromônios tão importantes para mantermos a relação.

Sintonia - pensar de maneira parecida ou complementar, gostar de estar junto com aquela pessoa, se sentir acolhida por ela, querer acolhê-la, estar do lado quando ela precisa, entendê-la mesmo que ela não diga nada. Eu chamo de o encaixe de mão perfeito.

Cumplicidade - Querer realizar a pessoa entre 4 paredes, se sentir realizado por ela, ter todos os desejos correspondidos, gostar de estar com esta pessoa nestes momentos, se sentir intenso e completo e perceber que você provoca isto nela.

Se você não tem estes três, então ou seu amor se transformou em amizade ou está na hora de você rever seus conceitos.

Pense nisto!

Série pensamentos: Admita seus fracassos

É muito mais fácil jogar a culpa dos seus fracassos na vida no próximo do que admitir seus próprios erros. Pense nisto!
Chega um momento da vida que tem que parar de odiar e desviar o foco pra si mesmo.
Muitas vezes estes momentos chegam tarde demais, mas chegam.

sábado, 18 de abril de 2015

Série Poesias: 15 quadras (Fev/2015)

15 quadras


Foi naquele bar da escola
Te vi, você nem me deu bola.
Sai correndo pela escada.
E você veio toda descolada.

Não foi um mero acaso.
E você estava um arraso.
Com aquele sorriso só teu
Eu me sentia no apogeu.


15 quadras bem depois
paramos apenas nós dois
o tempo não existia
e me lembro como você sorria.

Então aflorou o nosso desejo
E veio logo o segundo beijo.
Me sentia um tremendo bobalhão
Insegurança me toma ao tocar tua mão.

Me diga, o que foi que aconteceu?
Quando eu deixei de ser eu?
E pq me sinto perdido?
Me conte, onde que tudo morreu?
Porque que foi que se perdeu?
Eu me sinto esquecido.

Eu fico olhando pela janela
Esperando aquela bela
Pois eu estou em perigo.
Sei que podia ser diferente
Contigo fui displicente
E agora sou um mendigo.

Série Poesias: Amarras impostas....(Jan/2015)

A humanidade sempre busca a felicidade
Mas não como um prêmio e sim uma necessidade.
Mas existe algo mais falso que isto.
Ser feliz a qualquer preço
Muitas vezes ignorando a quem temos apreço.
E sem contar com o imprevisto.

Não tem coisa mais artificial
Do que fingir ser amplamente normal
Apenas porque todos se mostram assim
E até acredito que na sua ignorância
Ignoram a magia da discrepância
Pois é simples seguir o modelo sem fim

Nos diferentes pode existir a completude
Que pode acalmar esta inquietude
Alcançando a tão buscada sinergia
 E o encaixe perfeito de duas mãos
Que mesmo diferentes se fundem na paixão
Criando o momento de pura energia

A sociedade sempre pregou um modelo
Simplesmente segui-lo poderá ser um pesadelo
Ficando em um eterno sono entediante
Ignorando a natureza e a força de um destino
Nem percebendo que é um amarrado paladino


Que a muito perdeu o brilho contagiante.

Série Poesias: Requiém dos 25 anos (Dez/2014)

É...chegou a nossa vez
Quando dois deixam de ser um.

Não estou aqui pra reclamar
Vim apenas para te desejar
Que encontre logo seu sorriso
Que eu também buscarei meu paraíso.

A vida continuará
Amigos sempre seremos
E creio que sempre se lembrará
De todas conversas que tivemos.

A vida nos dá vários golpes
Nos atropela em apenas alguns galopes
Mas tivemos nossos momentos
Ficarão em nossos pensamentos.

Lembranças se manterão,
Tristezas embora irão.

Quero te dizer
Que foi uma honra viver
E ter você como companheira
Tu sempre, da tua maneira
Transpirava uma forte emoção
Mas enfim, chegou a separação
Não é o fim, e sim uma iniciação.

Quero te ver muito feliz,
Com aquele sorriso de aprendiz
Quando percebe que pode fazer sozinho
E cada um segue o seu caminho.

Obrigado por tudo.