sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Série Entendendo os homens: O que um homem quer?

Pessoal, esta postagem não reflete um pensamento meu, mas pasmem reflete sim o pensamento da maioria dos homens. Durante dois meses eu fiz pesquisas, e acreditem 85% concorda com os dois textos desta postagem e a da anterior, então reflitam.

É, todas as mulheres querem saber o que um homem quer. E todos os homens querem saber o que uma mulher quer. Hoje eu vou deixar o meu pensamento aqui, óbvio que eu só consigo falar do que um homem quer. Eu não sou psicólogo, não sou um sexólogo, sou um cara de TI, isto mesmo um cara de TI. Mas sempre me interessei pelo assunto de relacionamentos e já li bastante a respeito.

Bom, vou começar o assunto por uma questão extremamente básica e depois vou evoluir e no final espero que você entenda o que realmente um homem quer.

Traição
Já vou começar por um assunto mega polêmico, mas por mais que vocês não aceitem o homem só trai a mulher por um motivo. Você pode ser a mulher mais encantadora do mundo, mas acredite, você tem chance de ser traída sim. O homem só trai a mulher por causa de sexo.
Simples assim. 

Agora vamos ao raciocínio lógico: engana-se quem diz que o homem quer pegar todas, que quer ter um harém, está errado quem pensa assim. O homem quer uma coisa só: achar a mulher do encaixe perfeito.

Mas o que é o encaixe perfeito? Na visão do homem, é o conjunto de vários fatores, por exemplo: uma mulher que vire os olhos dele entre 4 paredes, uma mulher que será uma dama na sociedade e uma messalina na cama. E é bem isto mesmo. Uma messalina dele, apenas dele.

Mas, isto você já sabia não é, aposto que sim, mas as mulheres erram feio em achar que um homem quer uma mulher que faça tudo o que ele quer. Não é isto que um homem quer. O homem que que a mulher goste de tudo o que ele queira, que ela deseje tudo aquilo que o homem quer e o mais importante de tudo, que ela vá a loucura com tudo o que ele quer. E ele tem que ver e sentir que está provocando estas sensações nela. Isto sim é o que o homem quer: “Levar uma mulher a loucura 20 vezes enquanto ele vai uma vez só”.

Agora o fato de não acontecer isto com um homem, não quer dizer que não vá acontecer com outro, independente de tamanho, grossura, etc..etc..etc...

Pense nisto.

O homem pensa: primeiro SEXO, depois o resto. Simples assim.


Evidente que a mulher perfeita na visão do homem é a que encaixa no quesito sexo e no quesito relacionamento. 
Mas se encaixar em relacionamento e não encaixar em sexo...hummmmmmmmm

Série Entendendo os homens: O que um homem não pode ouvir jamais

O que um homem não pode ouvir jamais

Jamais, mas em hipótese alguma, nem sobre ameaça de morte, diga que tu já ficou com alguém "maior ou mais grosso" que ele. Mesmo que já tenha ficado, minta, diga que ele é o maior que tu já viu. Todo homem é complexado com o seu amigo lá de baixo. 

Se tu se interessou pelo cara e o cara vale a pena,  diga que ele é o melhor homem que tu teve na tua vida. Que nenhum, nem de perto se compara a ele. Homem é inseguro pacas.

Toda vez que fizer amor com ele, diga que foi a melhor que tu teve na vida! Isto meche com o ego


Se tu seguir estes três itens básicos e ainda conseguir ir a loucura mais do que duas vezes com este homem, tu vais dominá-lo. Só que ele não poderá saber jamais que tu o domina, o homem tem que se sentir dominador, o senhor da situação.

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Série Poesias: O sonho nosso do dia a dia. (01/10/2015)


Ás vezes, eu imagino que estou em um sonho ruim.
E fico torcendo para acordar a qualquer momento e ver que realmente era um sonho.
Ás vezes me sinto um inútil. Outra vezes um cara totalmente abandonado.
Mas será que isto é a minha mente apenas?

Não sei, talvez não me adapto a esta maneira de ser.
O mundo anda totalmente diferente.
As pessoas estão cada vez mais solitárias e egoístas.
E se importar com o próximo, como é que fica.

Esta cidade é muito fria.
Olho para os lados e vejo tudo cinza.
Fecho os olhos e quando abro vejo apenas o meu teto.
E começa mais um dia, igual ao anterior.

O mundo de hoje é formado por robôs.
Todos sempre iguais, parecem que estamos sendo controlados.
Quanto tempo seremos assim.
Quanto tempo aguentaremos viver assim.

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Série Poesias: Quatorze anos (31/07/2015)

Quatorze anos é uma idade complicada
Toda menina só quer ser amada
Corpo e mente em plena transformação
E a menina aprendendo a sedução.

Todo o dia é uma história diferente
Qualquer assunto é um drama em sua mente
Não sabe muito bem o que quer
Agir feito criança ou soltar o lado mulher

Minha filha quero te dizer
Que estarei sempre aqui
Uma vida linda você vai ter
Meu pensamento estará sempre em ti

Sua preocupação é a cor do sapato
Se o vestido combina ou se está um trapo
Cabelo solto, preso ou chapinha
Será que o fulano cairá na minha

Os pais perguntam como andam as notas
Por dentro treme, mas só pensa nas botas
Final do ano ela dá um jeito e nos faz sorrir,
Mas o que importa é ter mais festa pra ir.

Minha filha quero te dizer.
Que o segredo é sempre sorrir.
Você tem uma jornada à viver
Quero mesmo é te ver feliz.


Óbvio que a inspiração foi a minha filha.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Série Poesias: Era um castelo de areia (30/06/2015)



Certo dia acordei
Foi então que eu notei
Que o meu castelo tinha desaparecido
Como é que pode ser
A gente não perceber
Que o encantamento tinha sumido

Foi aí que eu tive certeza
Da sua grande tristeza
Que nosso sonho foi uma ilusão
Nosso jeito diferente
Criou uma barreira crescente
Que culminou a nossa paixão

Eu estou muito assustado
Por ter me equivocado
Sempre imaginei que você seria minha
Agora eu vejo
Que tudo foi um ensejo
Para uma vida não muito certinha

Não tenho mais força pra lutar
Não consigo mais nem refutar
Nossa relação me exauriu
Eu sei que fiz de tudo
Me entreguei sem nenhum escudo
Mas minha energia há muito partiu

Eu quero te dizer
Que será difícil te esquecer
Mas irei ver o mundo girar
De agora em diante
Não vou parar nem um instante
Encontrarei alguém que queira me amar


domingo, 14 de junho de 2015

Série Poesias: Aos teus olhos, minha amiga (14/06/2015)



Um dia pensei que estava apaixonado
Mas logo percebi que estava enganado
Porque eu sou assim, não consigo entender
Bastou um momento para eu me perder

É muito difícil, viver blindado assim
Bastou um pequeno vacilo, para eu, de novo, buscar o fim
Agora estou aqui, sofrendo de mim mesmo.
Com um medo enorme ser esquecido a esmo.

Não entendo porque não consigo sentir
A mesma intensidade que você pode emitir
Você faz tudo que um homem pode desejar
E mesmo assim, neste momento, não consigo amar

Há muito tempo isto vem me matando
Meu coração de pedra tem uma espada cravando
Uma lágrima corre pelo canto do meu rosto
Será que um dia serei capaz de acabar com este desgosto.



Na poesia anterior eu fiz a visão do Charlie pela Jordan, do filme  Ironias do Amor (My Sassy Girl),  então eu imaginei exatamente o contrário, se fosse a Jordan que quisesse algo com o Charlie, mas ele não conseguia enxergá-la apenas como uma amiga. Ou seja, esta poesia é exatamente o complemento(operação lógica que significa o contrário) da anterior. Se por um lado ser considerado amiguinho da mulher é um porre, deve ser horrível para a mulher quando ela tá afim e o cara não consegue gostar dela.

Série Poesias: Amigo aos teus olhos (14/06/2015)



Estr.
Vivi a vida inteira escondido
Não quero ser apenas mais um amigo
Guardar isto então, não tem sentido
O mundo saberá o que trago comigo

E o tempo foi passando
E você nunca percebeu
Que eu sempre estive te visando
E não como um amigo teu

E agora te vejo sofrer
Não quero ver você chorar
Perdida por escolhas erradas
Depois chamando pra te consolar

Est.

Por muito tempo esperei
Que você visse em mim
O cara certo pra você
E não um amigo sem fim

Você só me procura
Quando não está legal
Não aguento mais esta loucura
De te abraçar quando você está mal

Estr.



Esta eu fiz baseado em uma cena do filme Ironias do Amor (My Sassy Girl), que fala da amizade do Charlie pela Jordan. A Jordan não olhada o Charlie com os olhos que ele queria.E quantas vezes já vimos esta história. E depois as mulheres vem com aquela máxima: “Você está confundindo as coisas”, nossa esta é de matar, pois na verdade quem está confundindo é ela pois ser amigo é uma coisa, gostar é outra. E um homem quando é amigo não faz certas coisas do que quando gosta, as mulheres é que não percebem e se aproveitam disto. E convenhamos, é muito ruim gostar de alguém e não ser correspondido. E o pior não ser nem notado muitas vezes. Quantas vezes passamos por isto? Principalmente na adolescência, ensino médio....


quinta-feira, 21 de maio de 2015

Série Banda: Maria Gasolina, Show em 1990

É, aí está a prova que eu já fui músico mesmo. Ou melhor, tentei ser músico.
Eu estou tocando bateria, olha o detalhe do cabelo da criatura, na época era mega fashion, hj é ridículo....kkkkkk
Este foi o último show da banda Destino Final, no II Pop Música, no clube comercial em Cachoeira do Sul, a música Maria Gasolina.
Eu já estava podre de cansado, tinha faltado ao ensaio à tarde, ensaio de passar o som, fiquei a tarde inteira jogando bola..kkkkk
Aí no início da música eu falo para o Alexandre, o vocalista, cara eu não aguento mais, estou cansado, então nem faz a apresentação de cada elemento da banda.
A gente tinha combinado que na minha apresentação eu faria um solo de bateria, mas que jeito, não conseguia nem tocar direito...kkkkkkkkk
Mas valeu pela banda, tivemos bons momentos juntos...


Série Música Eletrônica, de 1998

Por volta de 1998, eu acabei fazendo um CD de música eletrônica, mas depois de umas críticas nada favoráveis na época, eu acabei desistindo de seguir.
Vou mostrar 3 músicas que eu fiz pra vocês. Na época eu inventei o nome de Dj Cleto, coisa ridícula esta nome.....
Espero que gostem..




terça-feira, 19 de maio de 2015

Séries Poesias: Medo de passar despercebido (19/05/2015)

Medo de passar despercebido

Ao andar pela rua sentindo o vento no rosto,
Olho para o lado, não vejo ninguém, me sinto exposto.
Meus pensamentos voam, eu busco proteção.
O meu andar calmo, me faz entrar em uma profunda reflexão.

"Sinto-me totalmente desprotegido,
Estou sozinho agora, correndo um grande perigo,
Tenho medo enorme de passar despercebido." (Estr)

Não é justo chegarmos em uma certa idade e não sabermos o que pensar,
Tendo várias historias e alegrias e não ter com quem compartilhar.
A idade faz a gente ver coisas que nunca alguém viu,
Ficamos procurando e buscando alguém que, talvez, nunca existiu,

(Estr)

A exigência demasiada me fez um cara muito inflexível,
Preso dentro de um castelo,  totalmente intransponível.
Você vê a vida passando, e percebe seu sorriso indo embora,
Nota a amargura crescendo, tomando conta por dentro e por fora.

Cada vez mais, me sinto entristecido.
Não tenho gostado do  jeito que tenho agido.
E continuo com medo enorme de passar despercebido.


Esta letra eu fiz, imaginem só, quando eu desci do "busão" pra ir pra casa, e adivinhem me veio a cabeça a música do Roberto Carlos - "Sentado à beira do caminho", na parte que fala "Preciso acabar logo com isto, preciso lembrar que eu existo, que eu existo, que eu existo...". E não sei o motivo que começou a vir na minha cabeça isto. Aí comecei a pensar nesta parte da música que é mega deprimente e me inspirou para escrever esta letra.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Séries Poesias: Geniosa (17/05/2015)

Geniosa (17/05/2015)

Dênia, por quê você foi indomável?
Sempre tao implacável,
A ponto de me sufocar.
Por que ser tão egoísta assim?
Querer tudo de mim?
Sem me deixar te amar...

Ô Dênia, não vê o que estás fazendo?
Onde esta se metendo?
Por favor, me deixa respirar.
Me diz,o que houve contigo?
Onde esta o teu sorriso?
Quando você vai despertar?

Dênia, a magia que tivemos,
Cada beijo que nos demos,
Jamais irão voltar.
Eu quero ser só teu amigo,
Estar do teu lado assim contigo,
Um irmão a te abracar.

Ô Dênia, você não pode viver assim,
Sentir tanta raiva de mim.
Você precisa superar.
A amargura te corrói,
Te ver assim ainda me dói.
Você precisa parar de revidar.

Dênia, pare de tentar me atingir,
você tem uma vida a seguir,
E eu vou sempre te apoiar.
Siga em frente mas com destreza.
Não esconda do mundo tua verdadeira beleza.
E com certeza voltará a amar.


Prezados, apenas uma declaração, não existe nenhuma Dênia na minha vida, exceto uma ex-colega muito gente boa do ensino médio, mas esta letra não tem nada a ver com ela.(Humberto Gessinger fez "Refrão de bolero" falando de uma Ana que não existia) Eu tinha escolhido a palavra Genia, mas não ficou legal a sonorização da letra, então procurei um nome de sonoridade próxima e escolhi Dênia. Não vivi a história acima, nem de perto. Eu fiz esta letra, me lembrando da Tiffany (Jennifer Lawrence de Jogos Vorazes), no filme "O lado bom da vida" (Silver Linings Playbook), que eu sei que fazia o papel de uma viúva. Imaginei que o marido dela fosse vivo e fiquei pensando, como é que um cara iria conseguir terminar o relacionamento com uma maluca daquelas, aí saiu a letra.
Espero que gostem.

domingo, 3 de maio de 2015

Séries Poesias: Perda (03/05/2015)

Certa vez, me vi tateando no escuro
Sem a felicidade que mentalmente ainda procuro
Difícil aceitar a queda, isto nos torna duro
Que tristemente aflora o nosso lado obscuro

Não sabemos lidar com a perda
Parece que sempre estamos virando sempre à esquerda
Andando em círculos de maneira constante.
E não conseguimos dar nem um passo adiante.

É triste ver como ficamos abatidos
A uma derrota a que somos acometidos
Um vazio crescente que nos deixa deprimidos
Sem forças alguma, nos sentimos preteridos

Sentir a falta e não poder mais tocar
Sentir o perfume, mas não poder respirar
Ver o momento, mas não poder mais enxergar
Sozinho andando, sem poder compartilhar.

Nunca, ninguém vai conseguir entender
E esta dimensão apenas eu vou saber
E por muito tempo vou ficar obscuro

Sozinho, andando, tateando no escuro.


domingo, 26 de abril de 2015

Séries Poesias: Apenas uma lâmpada apagada (26/04/2013)

Vejo aquela lâmpada totalmente apagada
Tento acender, mas  não acontece nada
Ela está lá, totalmente escura
Fico na dúvida se não é uma defesa
Ou se é uma nova procura
Mas por que eu ainda quero vê-la acesa?

Faço uma força enorme para erguer meu dedo
Uso mais energia que o estouro de um torpedo
Mas mesmo assim minha mão não sai do lugar
E eu fico imaginando, quão bela seria
Se eu a pudesse de novo tocar
Talvez até renascesse antiga parceria

Mas a lâmpada está lá, totalmente escura
Mas está lá, como se fosse apenas uma figura
Apenas eu vejo-a escura e muito triste
Apenas eu consigo ver a sua profundeza
Ela sucumbe aos poucos, mas se mantem riste
Em volta de uma fortaleza que demonstra uma falsa frieza.

Seria tão mais fácil ir lá e trocar
Deixar um novo sentimento vir e tomar
Mas de alguma maneira aquele olhar ainda me seduz
Apesar de tudo que a vida me induz
Eu sinto que aquela luz quer acender

De alguma maneira parar de sofrer

segunda-feira, 20 de abril de 2015

Série Pensamentos: Existe a fórmula do amor?

Sou um pensador livre, não sigo metodologias existente e nem ideias dos outros para sustentar meu pensamento. Sigo apenas ele e o meu coração.
Todos dizem que não existe fórmula para o amor(de um casal), eu digo que estão errados, e muito.
E quem diz isto não sabe o que é amor.

A fórmula do amor é o equilíbrio entre 3 sentimentos:

  • Atração, sintonia e cumplicidade.

Atração - vários ditados falam da atração,  por exemplo os olhos são a janela para a alma. Podemos dizer que temos que nos sentir atraídos pela pessoa que está do nosso lado, temos que achá-la atraente (aos nossos olhos), admira-la fisicamente e/ou como pessoa, nos sentirmos atraídos de como a pessoa é por dentro e por fora. A atração libera os famosos feromônios tão importantes para mantermos a relação.

Sintonia - pensar de maneira parecida ou complementar, gostar de estar junto com aquela pessoa, se sentir acolhida por ela, querer acolhê-la, estar do lado quando ela precisa, entendê-la mesmo que ela não diga nada. Eu chamo de o encaixe de mão perfeito.

Cumplicidade - Querer realizar a pessoa entre 4 paredes, se sentir realizado por ela, ter todos os desejos correspondidos, gostar de estar com esta pessoa nestes momentos, se sentir intenso e completo e perceber que você provoca isto nela.

Se você não tem estes três, então ou seu amor se transformou em amizade ou está na hora de você rever seus conceitos.

Pense nisto!

Série pensamentos: Admita seus fracassos

É muito mais fácil jogar a culpa dos seus fracassos na vida no próximo do que admitir seus próprios erros. Pense nisto!
Chega um momento da vida que tem que parar de odiar e desviar o foco pra si mesmo.
Muitas vezes estes momentos chegam tarde demais, mas chegam.

sábado, 18 de abril de 2015

Série Poesias: 15 quadras (Fev/2015)

15 quadras


Foi naquele bar da escola
Te vi, você nem me deu bola.
Sai correndo pela escada.
E você veio toda descolada.

Não foi um mero acaso.
E você estava um arraso.
Com aquele sorriso só teu
Eu me sentia no apogeu.


15 quadras bem depois
paramos apenas nós dois
o tempo não existia
e me lembro como você sorria.

Então aflorou o nosso desejo
E veio logo o segundo beijo.
Me sentia um tremendo bobalhão
Insegurança me toma ao tocar tua mão.

Me diga, o que foi que aconteceu?
Quando eu deixei de ser eu?
E pq me sinto perdido?
Me conte, onde que tudo morreu?
Porque que foi que se perdeu?
Eu me sinto esquecido.

Eu fico olhando pela janela
Esperando aquela bela
Pois eu estou em perigo.
Sei que podia ser diferente
Contigo fui displicente
E agora sou um mendigo.

Série Poesias: Amarras impostas....(Jan/2015)

A humanidade sempre busca a felicidade
Mas não como um prêmio e sim uma necessidade.
Mas existe algo mais falso que isto.
Ser feliz a qualquer preço
Muitas vezes ignorando a quem temos apreço.
E sem contar com o imprevisto.

Não tem coisa mais artificial
Do que fingir ser amplamente normal
Apenas porque todos se mostram assim
E até acredito que na sua ignorância
Ignoram a magia da discrepância
Pois é simples seguir o modelo sem fim

Nos diferentes pode existir a completude
Que pode acalmar esta inquietude
Alcançando a tão buscada sinergia
 E o encaixe perfeito de duas mãos
Que mesmo diferentes se fundem na paixão
Criando o momento de pura energia

A sociedade sempre pregou um modelo
Simplesmente segui-lo poderá ser um pesadelo
Ficando em um eterno sono entediante
Ignorando a natureza e a força de um destino
Nem percebendo que é um amarrado paladino


Que a muito perdeu o brilho contagiante.

Série Poesias: Requiém dos 25 anos (Dez/2014)

É...chegou a nossa vez
Quando dois deixam de ser um.

Não estou aqui pra reclamar
Vim apenas para te desejar
Que encontre logo seu sorriso
Que eu também buscarei meu paraíso.

A vida continuará
Amigos sempre seremos
E creio que sempre se lembrará
De todas conversas que tivemos.

A vida nos dá vários golpes
Nos atropela em apenas alguns galopes
Mas tivemos nossos momentos
Ficarão em nossos pensamentos.

Lembranças se manterão,
Tristezas embora irão.

Quero te dizer
Que foi uma honra viver
E ter você como companheira
Tu sempre, da tua maneira
Transpirava uma forte emoção
Mas enfim, chegou a separação
Não é o fim, e sim uma iniciação.

Quero te ver muito feliz,
Com aquele sorriso de aprendiz
Quando percebe que pode fazer sozinho
E cada um segue o seu caminho.

Obrigado por tudo.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Série letras e poesias antigas:Maria Gasolina (1988)


Ela só namora
Quem tem carro legal
Gasolina ela adora
É uma cara de pau

(original)                                                                           (Atualizado)
Passeia na praça                                                                Só anda na cidade
Num opala ou del rey                                                        Em carro importado
Se o cara tem carro                                                           Se o cara mostra a chave
Pra ela é um rei.                                                                Ele já fica visado.

(Estribilho)
É Maria Gasolina
Mas é maria gasolina
O Som que ela gosta de ouvir
É ruído de buzina

Mora em uma vila,
Num barraco qualquer
Ela não tem namorado
Pois é o carro que quer

Vai acabar se ralando
No final da festinha
Vai acabar se casando
Com o dono de um fusquinha.


Série letras e poesias antigas: A grande saga

Um certo dia agitado
Na aldeia fu manchu
Nascia um ser pequenino
Tomando o nome de ku

A notícia se espalhou
E todos ficaram a fu
Todo mundo se agitou
Queria conhecer o ku

Era um tempo de guerra
Para a seita de vudu
Os pais não mediam esforços
Para proteger o ku

Aos 18 anos de idade
Ingressou na carreira militar
Como era um bom soldado
Não foi difícil o Ku Brilhar

Entrentando o inimigo
No tiroteio ou no pai
Em poucos anos de carreira
O KU se tornou general

Mas todo herói tem um destino
Todo herói tem um fim
Para se transformar em um hino
Tinha que ser assim

E o seu fim logo veio
Foi em uma bala perdida
Que tirou a sua vida
Acertando o ku em cheio

Era o fim de uma saga
Era um sonho acabado
Porque ali naquele instante
Sangue do KU era jorrado

Ô, ô, o KU tá acabado.
Ô, ô, o KU tá acabado.


Série letras e poesias antigas: Solidão (1987)

Eu não sei mais o que escrever
Eu me sinto assim
Eu não sei mais o que fazer
Pra tirar isto de mim

Preencher este vazio que sobrou
Se é que sobrou alguma coisa
Até agora, nada, mas nada brotou
Nada apareceu, nada nasceu

Eu ainda não descobri
O prazer de sentir
Ainda não descobri
O prazer do amor

Acho que até me habituei
A viver com a dor
A dor que não dói
A dor que perfura

A dor do vazio
O vazio que eu sinto
Dentro de mim
Lá no fundo

Até quando?
Terei que suportar
Até quando?
Irei me amargurar

Quando encontrarei alguém
Com força para esmagar
Esta dor, este vazio
Este nada, esta solidão.



Série letras e poesias antigas: Odeio Rambo (1988)

(Estribilho)
Odeio Rambo, Odeio Rambo
Herói americano

Cobra eu não vejo
Stallone eu não quero
Se aparece na TV
Eu me desespero

Rocky não presta
Ele nunca vai mudar
Todo mundo sabe,
Que no final vai ganhar

Estribilho

Eu quero um herói
Brasileiro
Todo mundo pode
Menos o beto carrero

Que possa destruir
Que possa acabar
Essa rotina hoje
Tem que mudar


Série letras e poesias antigas: Quando acaba (14/12/1992)

Quando um dos dois não ama
Quando um não conhece o outro,
Quando 2 não é um e sim dois
Quando não á sinceridade
Quando não há amizade
Quando um se acha superior ao outro,
Quando um não demonstra para o outro,
Quando um não está seguro,
Quando um quer se proteger...

Acima de tudo, prazer, amar, participar
Mostrar, estar, ser e fazer acontecer...

Pois o amor fica, mesmo sendo através de feridas...


Série letras e poesias antigas: Novo começo (1987)

Andando de ônibus ou na rua
Porque você não fica na sua
Deixa-me em paz, será que não vê
Eu quero te esquecer

Você foi tudo pra mim
Agora foi longe demais
Não adianta mais insistir
Já é tarde, não chegue mais

Quando estávamos juntos
Você nem ligava
Agora que me perdeu
Queres que eu volte pra casa

Embora eu sinta tua falta
Agora não dá mais pra ficar
Você fez o que quis
E me passou pra trás.

Não adianta vir atrás
Esse jogo eu conheço
Você sempre dominou
Mas agora será um novo começo


Série letras e poesias antigas: Lembranças Eternas (1988)

                                                              escrito em parceria com o Lucas
Guilhotina, manchadas de sangue
Paradeiro, de um tempo perdido
Floresce, um desejo de vingança
Abafado, pela distância rompida.

Teu ódio, entre quatro paredes
Sem amos, e prosperidade
Encarna, abaixo dos templos
Viverás, pela eternidade

A luz e o clamor do teu corpo
O brilho, desejo dos olhos
Agora, tudo é passado
Que andará, sempre junto de ti.

Tua morte, sendo anunciada
Teus olhos, cuspindo fogo
A lâmina, atravessa o pescoço
A morte, toma conta de ti

O povo, gritando teu nome
Teu filho, que acabou de nascer
São lembranças, de uma droga de vida
Que um dia, arrancaram de ti




Série letras e poesias antigas: Fuga (1993)

Você fez de mim o que quis
Brincou, usou, fez eu correr até você
Tudo por uma mentira
Agora pede para eu esquecer

É duro acreditar
Tudo o que pensamos
Tudo o que nós conseguimos
Era tudo uma falsidade

Você sempre foi tudo pra mim
Foi tudo o que eu sempre quis
Porque tudo terminou assim
Você fugindo de mim

Eu sempre me sentia bem
Tudo parecia estar se encaixando
Tudo era tão perfeito
Mas era apenas um sonho

Agora eu estou com os pés no chão
Você quer que eu esqueça tudo
Será muito difícil

Mas vou conseguir esquecer você.