sexta-feira, 27 de março de 2015

Série letras e poesias antigas:Maria Gasolina (1988)


Ela só namora
Quem tem carro legal
Gasolina ela adora
É uma cara de pau

(original)                                                                           (Atualizado)
Passeia na praça                                                                Só anda na cidade
Num opala ou del rey                                                        Em carro importado
Se o cara tem carro                                                           Se o cara mostra a chave
Pra ela é um rei.                                                                Ele já fica visado.

(Estribilho)
É Maria Gasolina
Mas é maria gasolina
O Som que ela gosta de ouvir
É ruído de buzina

Mora em uma vila,
Num barraco qualquer
Ela não tem namorado
Pois é o carro que quer

Vai acabar se ralando
No final da festinha
Vai acabar se casando
Com o dono de um fusquinha.


Nenhum comentário: