segunda-feira, 8 de julho de 2019

E se... 06/07/2019

E se....

na minha mente um pensamento à pairar
e se o amanhã, por ventura, não vier a chegar
e todas as histórias que tenho para limpar
todos os erros que quero consertar.

todas as frases que falei sem pensar
será que você saberá o que quis te falar
atitudes infantis, apenas para revidar
enquanto que no fundo, só queria te abraçar.

e se por acaso amanhã eu não acordar
como me arrependo de ter feito você chorar
muitas coisas foram ditas, sem eu saber o que falar
uma crianca com medo, é a primeira a atirar.

e se por acaso amanhã minha existência foi absorvida
como você saberá que mudou minha vida
que antes parecia que a essência tinha sido removida
e com certeza agora, tenho a aura desenvolvida.

então olhe para quem você ama, como se fosse a ultima vez
amigo, filha, filho, namorada, esposa, pai, mãe, irmã ou irmão
agradeça e diga o quanto é grato, com muita altivez
não esconda palavras e sentimentos no coração
pois, e se o amanhã não vier a chegar
como fará com as historias q tem a limpar?

inspirado na interpertacao de kevin skinner, de uma cancao garth brooks

Como é bonito ver o inter jogar - 18/04/2019

Como é bonito ver o Inter jogar
Mesmo perdendo, não vou deixar de parabenizar
Jogando bem ou mal, sempre vou vibrar
E a luta de todos vou exaltar
Apesar de tudo, tenho que acreditar
Apesar de alguns falarem que o guerreiro nao vai jogar
Falta de sorte não vou lamentar
Mas perder para o gremio é de chorar.
Renato faz o que quer, é de lascar
Odair abre a boca e vai passear
Dalessandro sempre agindo sem pensar
Andre batendo o penalti e vendo o lomba catar
E no jogo anterior, o voaden nao quis o var
Ô arbitragem, é pra matar
E no final, os penaltis pra infartar
E vi o paulo vitor se consagrar
Venceu o gremio, tenho que parabenizar
Com a cara torcida, mas vou comprimentar
Não é só um jogo, é uma forma de amar
Um jeito de ser, uma maneira de pensar
Chegando ao final vou relembrar
Jogando bem ou mal, sempre vou vibrar
Como é bonito ver o Inter jogar

*inspirada em uma poesia do dejan petkovic.
18/04/2019