sexta-feira, 27 de março de 2015

Série letras e poesias antigas: Em busca da paz (1987)

Os dias passam rápido
A gente percebe
Que algo vai acontecer
E ao notar, é tarde demais

A gente relembra tudo
Toda a história
Vemos os bons tempos
E tudo passa rápido

Como se estivesse escrito
O mar avança sobre a areia
E tudo se vai
Em questão de segundos
Não existe mais

Não se recebe aviso
Somos pegos desarmados
Não adianta você lutar
Nada vai te livrar

Depois de tudo o que passou
Vemos o branco
No leito eterno
E finalmente, teremos paz


Nenhum comentário: