sexta-feira, 23 de junho de 2017

O tempo e a busca 06/06/2017

E o tempo continua passando
Cada vez mais apressado
E eu continuo sempre procurando
Alguém que se encaixe ao meu lado

Esta cada vez mais difícil
Manter a famosa serenidade
A vida esta me deixando indócil
Pois eu não percebo a oportunidade

Vejo tanta gente sozinha
Empinando uma falsa realidade
Dizendo uma frase prontinha
Que são felizes com muita facilidade

Impossível alguém ser completo
Sem o famoso encaixe de mão
Aquele que nos deixa repleto
De arrepios no coração

E eu continuo sempre buscando
Acalmar minha inquietude
Grito, chamo, berro e fico esperando
Conseguir, um dia, a plenitude

Um comentário:

Neusa B disse...

Suas poesias são muito intensas. Parabéns

Procurando você (31/03/2015)

Acordo todo o dia Pensando em você E do por quê não posso te ter. A vida é sem graça E assim ela passa E não consigo esquecer voc...